Grafite: Marcelo Barnero

 Oi pessoal! 

Aproveitando um gancho de um trabalho da faculdade, uni o útil ao agradável e trouxe um pouco sobre o grafiteiro e designer gráfico Marcelo Barnero. Espero que gostem!

       MarceloBarnero, paulista radicado em Florianópolis, iniciou sua carreira como skatista, deixando a brincadeira com os lápis de lado enquanto “vivia” de skate. Mas com o tempo, a paixão pelo desenho voltou e aliou-se ao esporte favorito. Trabalhando como designer gráfico, começou a produzir desenhos para pranchas de skate de marcas, e eis que um dia decidiu que trabalharia por conta própria. Desenvolveu uma identidade própria para seu desenho, destacado pela explosão de cores, entre pássaros e a natureza. Nada mais natural do que, com a paixão pelo skate, passasse a se aventurar na arte do grafite. Seu principal trabalho, o passarinho que estampa esta descrição, está presente em telas, canecas, shapes de skate, agendas, entre outros materiais mais inusitados, como calçados. Seu trabalho não se restringe à muros abandonados. Sua marca está presente em diversos eventos renomados de arquitetura, casas, entre outras intervenções solicitadas pelos donos da parede a ser pintada.
Observando o grafite deste artista, que está presente em várias partes da cidade de Florianópolis (as obras deste artista são encontradas na estrada geral do Rio Tavares, na entrada da Rua Osni Ortiga com Avenida das Rendeiras, na beira mar de São José, entre outros lugares), apresentam as versões um pouco diferentes, que se tratam da evolução do traço do artista, variando cores, entre outros elementos, pudemos perceber que hácores alegres e padrões de preenchimento dos espaços do desenho, com traços contínuos, tracejados, pontos, padronagens como se uma estampa em cada partezinha do desenho. Normalmente para fazer a sua pintura, o artista utiliza de canetas permanentes e tinta acrílica. 

      Particularmente, o desenho atrai por ser colorido, por ter um estilo diferenciado de outros grafites que estampam a cidade, por sua delicadeza e por ter um traço que com certeza agrada o publico. A preocupação em preencher cada espaço do desenho com algum detalhe que traga mais vida, com suas curvas, cores e pequenos detalhes, os tracejados, pontilhados e o contorno branco trazem uma aura bem mais suave ao trabalho.

A História do Grafite

Podemos associar a grafitagem à necessidade do homem de se comunicar. Desde a pré-história, o homem fazia desenhos em cavernas. A pichação, que designa um ato contraventor, é diferente do grafite, que é feito como forma estética. Popularmente diz-se que o grafite surgiu na periferia de Nova Iorque, e antes considerado como contravenção e como poluição visual. Com o tempo, o grafite, que evoluiu em suas formas, tomou status de arte de rua, ganhando também espaço em exposições de arte e galerias.











Eu conheci o trabalho dele nas ruas de Floripa, e me apaixonei pelas cores e pelo passarinho que parece uma corujinha(rsrsrs)... sempre tive curiosidade em saber mais, e o trabalho veio a calhar! Descobri muita coisa sobre ele, e as variações de desenho seguindo a mesma leitura. Vocês viram que ele tem cadernos, canecas, telas entre outras cositas más!?!

Espero que tenham gostado de ver o trabalho do Marcelo!

Referências das imagens:  [1] [2] [3] [4] [5] [6] [7] [8] [9] [10] [11] [12] [13] [14]




1 Palpites:

Click here for Palpites
27 de março de 2014 16:38 ×

Hola Carla querida no conocía a Marcelo Barnero y es un artista de grafitis extraordinario!!

Selamat Angélica D dapat PERTAMAX...! Silahkan antri di pom terdekat heheheh...
Balas
avatar
admin

Seu palpite é muito bem vindo!
Your guess is welcome! Out Of Topic Show Konversi KodeHide Konversi Kode Show EmoticonHide Emoticon

Thanks for your comment

.