Casa Nova: Aplicação de verniz para assoalho


E ai, pessoal!

Hoje vim mostrar pra vocês como fizemos a aplicação de um produto para deixar o assoalho bonitão! Sabe aquele acabamento profissa? Então, vem comigo que te conto tudinho como fizemos!

A gente não tinha muita ideia por onde começar, e as poucas informações que tivemos de conhecidos que nem trabalham com isso foi: é feita a aplicação de resina ou sinteco. Hoje em dia é bem difícil de conhecer meros mortais que tem assoalho em casa, rsrsrs.

Fui atrás de algumas pistas para resolver este enigma!

"Assoalhos satisfazem o gosto por superfícies alongadas. Podem ser novos ou provenientes de casarões antigos - a busca por essa estética faz surgirem até produtos industrializados tratados para ficar com o aspecto rústico e envelhecido. "Quem não aprecia as marcas do tempo prefere peças lavadas, lixadas e calafetadas", diz Pedro Pereira Silva, gerente da Pau-Pau. A peroba-rosa e a canela são as espécies mais encontradas. Como os exemplares passaram por longa secagem, são naturalmente resistentes a cupim. Instalados sobre barrotes ou sobre o contrapiso, admitem cola PU, epóxi ou PVA (cola branca), parafusos e encaixe macho e fêmea. O acabamento leva resina à base de água ou cera (esta mancha em contato com água). Réguas maciças tradicionais podem ser raspadas e envernizadas, o que prolonga a vida útil. Limpeza com pano levemente úmido."
 No piso da foto do link, foi aplicado a resina  Bona Traffic semibrilho, da Bona, e tem essa outra monocomponente, que facilita o manuseio, pois a primeira é bicomponente e se errar a mistura, pode não se ter o resultado esperado. E sim, achei bem caro o preço das latas.

Pergunta: Que produto se usa para calafetar assoalhos e tacos? As junções de meu piso estão fissuradas e esburacadas.
Resposta: O problema pode ter sido causado pela ação do tempo, como exposição ao sol e à umidade, ou por má colocação do piso. "Peças desniveladas ou juntas muito espessas aumentam o risco de fissuras no acabamento", explica Gina Soares, da Aplicadora Pontual. As massas para calafetar mais comuns são as acrílicas F12 ou P51, facilmente encontradas em lojas de material de construção (o galão de 3,6 litros custa em média R$ 30). "Mas o procedimento deve ser feito por mão-de-obra especializada, porque requer lixadeiras, treinamento para instalação e aplicação da resina", alerta Gina. O custo desse serviço, que inclui raspagem, calafetação e aplicação de novo acabamento sobre a madeira, varia de R$ 30 a R$ 40 o m², em São Paulo. "Para o acabamento, recomendamos resinas à base de água, que têm maior flexibilidade e resistência ao calor, o que diminui a ocorrência de trincas na película", diz Rodrigo Tosi, da Aplicadora Master. Produtos que cumprem esses requisitos são Bona, fabricada pela empresa de mesmo nome, e Synteko Vitta.
Então, encontramos o nome do bichinho para tapar os buracos: Massa de calafetar madeira.



Esse foi o produto que achamos: Mazza Montana.
Achei bem interessante esse vídeo que demonstra como aplicar o produto, além de como fazer nuances para diferentes tons de madeira. Tipo tintura, sacou? rsrsrs



Aqui usamos fita de pintura para facilitar a aplicação e depois o lixamento. Demora, mas ajuda bastante depois para lixar.


Depois, tem que lixar o assoalho.  


Mas nem pense que é trabalho fácil, não gente. Lixadeira simples ou manualmente é praticamente impossível de dar certo. Você vai desistir se não tiver uma mãozinha da lixadeira de cinta. 


 Lixadeira de cinta: Essa é da "Black and Decker", boa, mas não recomendo em razão da difícil reposição de lixas nos materiais de construção, vi muitas reclamações na internet. Só fiquei sabendo depois de comprar. #fail

E então chegou  a hora de procurar o produto:

Impermeabilização
Uma resina de verniz impede a entrada da água entre as fibras da madeira - esse processo é recomendado para locais que estarão expostos à água - como deques de piscina, por exemplo, ou piso de madeira colocado em banheiro (embora pareça estranho, pisos de madeira no banheiro são cada vez mais comuns). As resinas podem ser à base de água, como o Bona, ou à base de solvente, como os poliuretanos de alto brilho. Para fazer a impermeabilização, primeiro o piso é raspado e tem seus vãos calafetados. Em seguida a resina é aplicada em três demãos, com intervalo de 8 horas entre cada uma (com lixamento após cada aplicação).Custa R$ 52 o m².
Então, novamente falando sobre a resina Bona.

Sinteco e Bona: Os dois produtos, de fabricantes diferentes, normalmente são utilizados após lixamento e calafetação do piso. Eles trazem de volta a cor da madeira ou o brilho, dependendo do tipo de acabamento que você procura. Sinteco é uma resina à base de uréia e formol. Não funciona como impermeabilizante, apenas dá brilho à madeira. Ele pode ser encontrado nos acabamentos fosco semi-fosco e brilhante. Sua aplicação acontece em duas demãos, com intervalo de um dia entre elas. Como a resina tem cheiro forte do amoníaco e do formol, você não pode ficar em casa durante a aplicação - o ideal é que a casa fique vazia por 72 horas. Preço: R$ 32 o m². Já o Bona é uma resina à base de água. Ela possui os mesmos acabamentos que o Sinteco (fosco, semi-fosco e brilhante), além de variadas opções para ambientes com diferentes graus de tráfego (Bona Traffic, para ambientes de alta circulação, Mega para tráfego normal e Spectra para áreas com circulação moderada). A aplicação se dá em três demãos, com intervalo de 8 horas entre cada e lixamento após cada demão. O produto não deixa cheiro e, assim que o piso estiver seco, o ambiente pode ser frequentado novamente. Sua desvantagem em relação ao Sinteco é o preço - o Bona sai por R$ 52 o m².

Agora sim, falando também sobre o sinteco, mas não achei onde comprar. Nisso, em mais uma visita ao materiais de construção, conhecemos este produto.

Embalagem antiga

embalagem em 2017

"Verniz poliuretânico para pisos e escadas de madeira que proporciona excelente camada protetora de aparência vitrificada e acabamento extraordinário que realça a beleza natural da madeira e oferece calor e sofisticação aos ambientes. Pode ser aplicado sobre madeira nova ou antiga. Sua fórmula de alta qualidade sela e protege deixando uma camada de alta dureza e excelente nivelamento. Exclusivamente para interiores, pode ser aplicado tanto sobre madeiras duras como moles. Especialmente formulado para uso residencial é resistente à abrasão e aos habituais produtos de limpeza. Pode ser usado em: bancadas, corrimãos, móveis, etc."
Site do produto
manual do produto para dowload

E vimos que, além do preço mais em conta, ele tem os mesmos princípios e modo de aplicação da resina Bona, do Sinteco, neste vídeo abaixo e decidimos testar.



Aplicando a primeira demão:


  Então temos a primeira demão, ficou bem brilhante e sugou muita tinta.


Depois de 3ª demão, com intervalo mínimo de 8 horas recomendado nas instruções do fabricante, tivemos esse resultado:



Ficou tão bom e tão bonito, que aplicamos na bancada de madeira da cozinha.


Durante:


Depois de seco: 



Nossa, lindeza de se ver! Ficou bem lisinho e bonito! Meu marido tá pensando se fazemos na bancada de toda a cozinha, ao invés de granito. Vamos esperar pra ver como fica a bancada com o uso.

Espero que esse post vire referência para quem tem dúvidas. Pra quem é da minha cidade, Florianópolis, comprei estes materiais na Cassol Centerlar de São José (lixadeira e massa de calafetar) e na da SC 401 na entrada do bairro Monte Verde(Verniz PU Majestic).

Podem perguntar à vontade aí nos comentários!





18 Palpites

Click here for Palpites
12 de abril de 2015 08:11 ×

Que linda a casa! Amei... tudo de muito bom gosto.
Vi também o post com a pintura rosa, externa, linda!
Parabéns.
Beijos

Balas
avatar
admin
29 de julho de 2016 15:26 ×

Esse verniz é a base de água?

Balas
avatar
admin
29 de julho de 2016 16:38 × Este comentário foi removido pelo autor.
avatar
admin
15 de outubro de 2016 00:59 ×

Oi Liliane, não me recordo, fui buscar informações no site e não achei, mas acredito que este produto não deva ser diluido. Abraços!

Balas
avatar
admin
31 de outubro de 2016 01:17 ×

Boa neite amigo(a), qual a durabilidade desde produto recomendado pelo fabricante?

Balas
avatar
admin
31 de outubro de 2016 12:52 ×

Oi Valdete, tentei procurar o manual, mas está fora do ar, eu apliquei este produto no meu assoalho há 1 ano e meio mais ou menos, continua igual. Acredito que seja bem duradouro.

Abraços

Balas
avatar
admin
7 de maio de 2017 20:25 ×

Boa noite, quantas latas você usou? E para quantos metros de assoalho?
Pois eu comprei uma lata para 40 metros de assoalho, mas a lata foi quase toda e eu passei apenas uma demão.

Balas
avatar
admin
7 de maio de 2017 20:51 ×

Oi Amabilli,

Pelo que meu marido lembra ele usou uma lata só e ainda sobrou. A área total deve ser em torno de 30m2, e ele aplicou as 3 demãos. A madeira é angelim pedra. Acredito que dependendo da madeira pode absorver mais, por isso acaba gastando mais produto. Exemplo o pinus, absorve bastante tinta.

Abraços!

Balas
avatar
admin
17 de julho de 2017 18:09 ×

Oi,Gostaria de saber que cor de Verniz vc usou,com brilho,semi brilho ou acetinado comprei da mesma marca porém o desenho da lata é diferente,é Pu pisos brilhante ainda não usei pois estou com medo de riscar muito por ser brilhante se puder me ajudar agradeço.

Balas
avatar
admin
18 de julho de 2017 09:18 ×

Oi Mel,

O produto que usei foi acetinado. segue link do produto no site do fabricante:

http://www.majesticvernizes.com.br/pt-BR/produto/majestic-verniz-pu-pisos-acetinado

Abraço!

Balas
avatar
admin
18 de julho de 2017 18:37 ×

Oi Carla obrigada pelo retorno ,hoje meu marido passou o Pu com brilho pois foi o que comprei ,não ficou bom ,pois o meu chão é. Pinus ,é o meu marido tinha passado óleo por baixo ,com o verniz apareceu as manchas ,que estavam muito invisíveis,aparecerão ,mais o meu marido lixou tapou todos os buracos ,como é difícil conseguir algo para assoalho ,mais mesmo assim obrigado ,se souber de alguma produto é puder me indicar agradeço bjusss mel

Balas
avatar
admin
19 de julho de 2017 10:55 ×

Oi, Mel,

Então, a indicação é lixar o piso bem pra tirar a tinta de baixo, e aparecer a madeira sem nada, pra daí aplicar o verniz.

O ideal era comprar uma lixadeira de cinta e tirar tudo. Vai ser trabalhoso e demorado. Daí depois aplicar esse verniz.

Abraço.

Balas
avatar
admin
Anônimo
4 de setembro de 2017 19:11 ×

Excelente matéria! Gosto muito dos produtos da Primma, pois são a base de água, protegendo a família e o aplicador. Tem produtos para tráfego normal, tráfego moderado e tráfego intenso. Também tem produtos para decks e pisos com madeira de demolição. Primma a solução sem riscos! Líder nacional em produtos para piso em madeira. www.resinaprimma.com.br

Balas
avatar
admin
11 de setembro de 2017 20:46 ×

Boa noite! Gostaria de saber qual o rolo que foi utilizado ou se foi pincel? Obrigada desde já ��

Balas
avatar
admin
12 de setembro de 2017 21:34 ×

usamos rolo mesmo, mas agora não lembro qual. meu esposo falou que foi um de cerdas bem baixinhas, e usou também aquela bandeja pra por tinta sabe? o vendedor do material de construção vai poder te auxiliar na compra.

Balas
avatar
admin
12 de setembro de 2017 21:36 ×

ele também falou que o rolo tem que ser lavado com thinner antes, pra retirar os pelos soltos.

Balas
avatar
admin
8 de novembro de 2017 21:37 ×

oi. primeiramente, muito obrigada por todas essas dicas e registros.
você poderia falar um pouco mais sobre o processo de lixamento (quantas vezes foi preciso lixar, se foi lixado antes/depois de qual produto, e qual o tamanho da lixa utilizada) e qual a cor da Mazza Montana que você comprou. Eu e meu marido também vamos encarar esta batalha.

Balas
avatar
admin
12 de novembro de 2017 02:52 ×

Oi Marcele,

Então, primeiro é feita a calafetação, ou seja, tapamos todas as frestas e buracos com a massa de madeira. A cor que utilizamos foi a mogno, no caso a nossa madeira do assoalho é angelim. Caso seja outra madeira na sua casa, tem outras opções de cores.
Depois de secar a massa, tipo num outro dia, o piso foi lixado até ficar bem certinho. A lixa não sei ao certo, mas o que sei é que a parte bruta de se lixar se usa uma mais grossa, que é o caso da primeira "lixada". Depois limpa-se muito bem o piso, tirando toda a poeira, toda mesmo.
Então passa-se o verniz PU, e aguarda secar. Sempre que se pinta madeira o ideal é passar a lixa, nesse caso mais fina, depois de cada camada de pintura, principalmente porque a madeira arrepia as fibras na primeira pintura. Masssssssssss, meu marido na época não lixou, só lixou antes mesmo de começar a pintar... Então vale a pena lixar entre as camadas, mas é pouco, sabe? só pra tirar esse eventual arrepiado.

Balas
avatar
admin

Seu palpite é muito bem vindo!
Your guess is welcome! Out Of Topic Show Konversi KodeHide Konversi Kode Show EmoticonHide Emoticon

Thanks for your comment

.